fbpx

Residência x especialização médica

Existe uma falsa percepção, que se propaga no universo médico, de que os programas de pós graduação em medicina são inferiores e que a especialização precisa, obrigatoriamente, passar pela residência.

Isso gera uma frustração desnecessária em profissionais competentes e comprometidos, que muitas vezes, pela simples questão de oferta de vagas, fica fora de programas de residência.

A concorrência para esses postos faz com que o conhecimento fique restrito há dois ou três profissionais por núcleos de estudos hospitalares específicos. Em Porto Alegre e Região, por exemplo, na área de dermatologia, existem apenas duas vagas anuais.

O acesso aos cursos de Pós-graduação

Por isso os cursos de pós graduação surgiram como alternativa de qualidade para a formação médica. Como em outras áreas do conhecimento, a medicina evoluiu e hoje é muito mais democrática, a disseminação do conhecimento e o compartilhamento de aprendizado se estendeu e hoje pode ser acessado por um número maior de profissionais.

80% de aprovação em Dermatologia

A grande prova dessa evolução na disseminação do conhecimento é a aprovação dos alunos na prova de títulos dos conselhos das especialidades. A MedPós tem muito orgulho de ter 80% de aprovação no Conselho de Dermatologia, por exemplo. Esse índice muitas vezes ultrapassa a taxa de aprovação dos alunos que fazem a residência tradicional.

A tradição da qualidade MedPós

Desde o início da sua história, há 20 anos, a escola superior se compromete com a excelência no ensino médico. Por isso o reconhecimento dos alunos que se formam aqui é apenas uma consequência do rigor acadêmico e da grande oferta de procedimentos práticos.

Por isso a alta aprovação desses profissionais tem explicação. Em primeiro lugar há uma base sólida de ensinos teóricos. O número de horas dedicadas à teoria é mais que de uma residência tradicional. E para que os ensinamentos sejam eficientes, somadas às horas teóricas se tem um volume de qualidade de atendimentos práticos.

São mais de 1000 pacientes por mês atendidos pelos alunos da MedPós com a supervisão e orientação dos professores. Esse cenário garante a solidez do aprendizado e o orgulho de ser MedPós.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Open chat
Precisa de ajuda?
Powered by