fbpx

Isolar é preciso

A MedPós, como instituição de ensino médico, pesquisa e fomento à ciência, entende que a melhor conduta, diante do cenário pandêmico em que vive o planeta, é o isolamento social.

Estamos fortemente engajados na disseminação dessa informação e apelo à população para que, se puder, fique em casa. Defendemos também o uso de máscaras. Essa ação pode diminuir significativamente o contágio da população que precisa ir para a rua.

Nosso posicionamento está ligado aos nossos valores e conduta desde o início de nossas atividades na década de 1990. Nossos esforços, durante todos esses anos, foram para valorizar e difundir a ciência médica como forma de aprimorar o atendimento em prol da saúde humana. Logo, esses dois conceitos fundamentais de nossa instituição, a ciência e a saúde, são os que precisam estar em primeiro lugar nesse momento de enfrentamento que vivemos.

A vida é o único bem que não poderá ser recuperado diante dessa pandemia, por isso precisa estar em primeiro lugar e norteando todas as decisões.

Entendemos as preocupações e necessidades de ações imediatas para evitar um colapso econômico generalizado. Acreditamos que todos os governos precisam agir de forma a minimizar ao máximo esse impacto. Grande parte da população, principalmente a mais vulnerável, está precisando de ajuda e intervenção estatal para que sobreviva a esse momento do ponto de vista econômico.

A economia precisa ser pensada, e soluções criativas precisam surgir de todos os lados, do poder público, da iniciativa privada, dos cidadãos comuns que têm condição de ajudar. Ações solidárias precisarão vir de todos os lados. Mas a grande conscientização é de que o isolamento é, neste momento, a única arma para proteger a população vulnerável ao vírus. Lutar contra isso é uma guerra vã. Os esforços precisam ir em outro sentido.

O distanciamento social significa proteger o país de um colapso, muito maior, de saúde e econômico. Mas ficar em casa não significa parar, não significa sentar-se no sofá e criticar a situação. Passamos por um momento importante de transformação. É preciso aproveitar esse período único para ressignificar. O momento é novo para todos; as dúvidas e as incertezas surgem de todos os lados, a polarização não contribui, mas, sim, a ajuda mútua e a busca por soluções possíveis também.

A MedPós está passando por esse processo. Em menos de uma semana, transformou seu curso de pós-graduação, que há mais de 20 anos se dava de maneira presencial, para uma plataforma online (entenda como foi esse processo aqui).

A resiliência e a resignação em aceitar cenários que não estão em nossas mãos é um grande dom do ser humano, vamos nos valer dele.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Open chat
Precisa de ajuda?
Powered by